domingo, 12 de agosto de 2012

O que você precisa entender sobre o colesterol para se cuidar melhor

Esclarecimentos e orientações sobre o colesterol, o vilão do nosso tempo.

Texto inicialmente publicado no Blog do Indike.

Fala-se muito sobre um dos maiores vilões do nosso tempo, o colesterol. Mas ainda existem inúmeras dúvidas sobre ele (É bom? É ruim? Eu tenho? Como controlo??). Minha missão aqui é tentar esclarecer o máximo que eu puder. Para facilitar, vamos por partes.

Fonte: link


Primeiro: ele não é de todo mal. Sem ele nosso corpo padeceria, pois ele é necessário para constituir as membranas das células, proteger os nervos, sintetizar vitamina D, além de ser matéria prima para a produção de hormônios importantes como cortisol, testosterona e progesterona.

Segundo: todos nós temos – ou deveríamos ter – colesterol no nosso organismo.

Grande parte do colesterol que temos no corpo é produzido por nossas próprias células – nossa genética determina se produzimos muito ou pouco. Outra parte é proveniente daquilo que comemos. Dessa forma, quando alguém diz “Doutor, eu tenho colesterol”, ele está querendo dizer que tem colesterol em excesso, acima do limite normal.

Terceiro: não precisa estar acima do peso para que as taxas de colesterol estejam acima do limite. Magros também podem ter colesterol elevado!

O excesso de colesterol no sangue não dá sintomas, ou seja, se não for feito exame de sangue, a pessoa não saberá como estão suas taxas.

Quarto: as mais importantes sociedades de cardiologia recomendam que seja feito o exame de sangue para avaliar as taxas de colesterol a cada 5 anos a partir dos 20 anos de idade.

O exame de sangue solicitado pelo médico normalmente dosa o colesterol total e as suas frações. Vou explicar brevemente para que você entenda o conceito de colesterol bom e ruim.

O colesterol é uma molécula insolúvel no sangue. Sendo assim, quando você toma um sorvete de chocolate com chantilly, aquele colesterol absorvido por você precisa se ligar a outras moléculas transportadoras que o “carreguem”, transportando-o pelo sangue de um lado para outro. Dessa forma, o colesterol dosado no sangue está necessariamente ligado à alguma dessas substâncias. As mais importantes são o LDL e o HDL, justamente o que chamamos de colesterol ruim e colesterol bom.

· O LDL é chamado colesterol ruim porque, quando está em excesso,tende a depositar o colesterol nas artérias importantes, formando as famosas placas de aterosclerose, que podem levar à obstrução dos vasos sanguíneos e causar infartos do coração e AVCs (os chamados derrames cerebrais).

Esquema que demonstra a formação da placa de ateroma, pelo colesterol ruim.
Fonte: link


· O HDL é chamado de colesterol bom porque essa molécula tende a remover o colesterol das artérias, levando-o de volta ao fígado.

Então, levando em consideração que o colesterol total dosado no sangue inclui as taxas de colesterol bom, ruim e de outras moléculas, é importante que o colesterol ruim esteja baixo e o colesterol bom, alto, resultando num colesterol total nos limites normais.

Para fazer esse exame é preciso estar em 12 horas de jejum (podendo ingerir apenas água nesse período).

Quinto: o rótulo de vilão não é injusto, considerando que ele é um dos principais fatores de risco para as duas maiores causas de morte no mundo: infarto do miocárdio (o infarto do coração) e acidente vascular cerebral (o AVC).

Sexto: independente de sua idade e sexo, tome ações para controlar seu colesterol antes que seja tarde.
Os alimentos com gorduras saturadas aumentam o colesterol em até 15 a 25%. Assim, mesmo o colesterol sendo de origem animal, algumas fontes de origem vegetal (como as frituras em óleo, margarina cremosa, por exemplo) não contêm colesterol, mas podem aumentá-lo.

Sempre digo que não é preciso parar de comer. Como tudo na vida, equilíbrio é o segredo.

Evite carnes gordas, pele de frango, embutidos (presunto, salame, bacon). Coma mais peixes, frutas e vegetais ricos em fibras. Diminua a quantidade de gemas ingeridas por semana e lembre-se que a maionese é feita delas! Prefira grelhados às frituras. Prefira azeite de oliva à manteiga ou margarina. Prefira queijos mais brancos aos mais amarelos. Prefira leite desnatado ao leite integral. Prefira sorvetes de frutas aos sorvetes feitos com leite – e não os cubra com chantilly. 

Fonte:  http://4.bp.blogspot.com/__Mu2sfMvcl0/S9CEKQrErJI/AAAAAAAAAgA/V2Eu8QguPbY/s1600/alimentos_colesterol.jpg 


Além disso, fazer uma atividade física aeróbica (caminhada, corrida, patinação, natação) por 30 minutos por dia, 5 vezes por semana aumentam o colesterol bom e diminuem seu risco de infarto!

Pequenas ações podem fazer a diferença na sua saúde.

Sugestão de vídeo: clique aqui!

3 comentários:

  1. Neat blog! Is your theme custom made or did you
    download it from somewhere? A theme like yours
    with a few simple adjustements would really make my blog stand out.
    Please let me know where you got your theme. Many thanks
    My page: osteoporosis canada

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Hi! I am glad you enjoyed it! I wrote this article to a brazilian website (http://www.indike.com.br/dicas/). I write health information and tips for them once a month.
      I also maintain this blog where I thy to explain how our body works in a very simple way, to no-MDs people.
      I saw your page too. Very nice!

      Excluir
  2. Write mοre, thats all I haνе to saу.
    Literаlly, it seems as thοugh yοu гelied
    on thе videо to make your point. Υou obviοusly know what youre talking abоut, why throw awаy yοur іntеlligеnce
    on just poѕting vіԁeоs to youг ωeblοg whеn you сoulԁ be giνing us sοmethіng еnlightening to read?
    Feel free to surf my web site :: soccer

    ResponderExcluir

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...